top of page
Blog: Blog2

FAKE NEWS: UMA ESTRADA PERIGOSA



 

“FAKE NEWS” UMA ESTRADA PERIGOSA

Informações falsas sobre vacinas geram consequências para a saúde pública e determinam danos à saúde individual, com perda de vidas. Quando notícias falsas desinformam sobre vacinas, causam hesitação na vacinação, fazendo com que pessoas optem por não se vacinar ou adiar a vacinação. A vacinação é eficaz contra a COVID-19, e protege a saúde individual e coletiva. As vacinas passam por testes de segurança e eficácia para serem aprovadas. No entanto, notícias falsas questionam segurança, espalham teorias de conspiração, distorcendo evidências científicas e minando a confiança. A consequência da propagação de MENTIRAS sobre o "GRAFENO" nas vacinas “mRNA" contra “COVID-19" é que pessoas se recusem a se vacinar, deixando-se vulneráveis à doença. Isso resultará em "NOVOS SURTOS", e colocará em risco aqueles que não podem ser vacinados por motivos legítimos. Os “FAKE EXPERTS” (falsos especialistas) quer "profissionais do negacionismo", quer "profissionais que não possuem autoridade para falar sobre medicina", geram debates e ampliam discordâncias sobre segurança e eficácia das vacinas contra a COVID, prejudicando o estabelecimento da imunidade coletiva, e expondo pessoas a risco, pela diminuição da cobertura vacinal. As ”logicall fallacies" (falácias lógicas), geram a mentira a partir de uma ideia verdadeira, com ambiguidade e simploriedade, já que o uso do GRAFENO na produção de vacinas ainda está em estágio de pesquisa e desenvolvimento, e mais estudos são necessários para avaliar segurança, eficácia e viabilidade em escala de produção. O grafeno oferece perspectivas para melhorar a resposta imunológica das vacinas, mas ainda não pode e não está sendo utilizado, e assim, mentir sobre presença do GRAFENO na VACINA constitui "cherry picking “ (seleção a dedo) em escolher dados que confirmam um posicionamento, ignorando dados que o contradizem, a concluir perigosamente fora do contexto. É fundamental obter informações de fontes confiáveis, com base na verdade. O combate à desinformação é de responsabilidade coletiva, e cada pessoa pode desempenhar papel importante compartilhando informações precisas e corrigindo informações falsas. #la_fragetti #cliespvacinas #fakenews

4 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
bottom of page